Entenda o poder do mantra para alcançar seus objetivos
18 de janeiro de 2018
Autoperdão: como se libertar da culpa, mágoas e ressentimentos
31 de janeiro de 2018

O efeito da autocrítica negativa na sua vida e como superar isso

o-efeito-da-autocritica-negativa-na-sua-vida-e-como-superar-isso.jpeg

A autocrítica em si não é ruim: observamos o que fazemos de errado, reconhecemos nossos pontos fracos pensando em melhorar cada vez mais e corrigir aquilo que não nos agrada. Já aquela autocrítica que enfatiza apenas os pontos que não gostamos pode ser muito prejudicial, nos paralisar e nos impedir de viver plenamente.

Quando somos pequenos, não temos experiência suficiente para decidir se o que fazemos é certo ou não. Assim, nossos pais e os adultos que nos rodeiam acabam sendo nossos primeiros críticos. O problema é que muitos deles, muitas vezes sem perceber, lançam as bases para a nossa falta de autoconfiança e alimentam a fogueira interna da autocrítica negativa.

Assim, em vez de dizer “Filho, olhe para os lados antes de atravessar a rua”, a mãe diz “Não sabe fazer nada direito! Nem para olhar para os lados serve!”. Isso vai alimentando uma sensação de fracasso e de inadequação, que o indivíduo reforça depois de adulto. É possível, porém, mudar esses pensamentos. Confira algumas dicas a seguir.

ebook o poder das afirmações

Admita que ninguém é perfeito

Todos nós temos alguma coisa que pode ser melhorada. Sempre temos. Até as pessoas que mais admiramos estão, neste exato momento, descontentes consigo mesmas em algum ponto.

E, embora isso não deva ser usado como desculpa para nunca se corrigir, não é preciso ser tão severo consigo mesmo. A cada dia que passa, nós temos uma nova chance para começar tudo de novo e nos esforçar para melhorar um pouquinho mais.

Reconheça suas qualidades

Não existe pessoa no mundo que não tenha algo bom dentro de si. Se você procurar, encontrará coisas incríveis! Bons exemplos são a bondade, a sinceridade, a honestidade, até aquele cafezinho delicioso que só você faz ou mesmo a paciência para ouvir os lamentos dos amigos.

O problema é que ficamos tão concentrados em ver o que achamos ruim em nós mesmos, que nos esquecemos do que temos de bom. Apesar disso, essas qualidades existem, com toda a certeza. Olhe para isso e agradeça por ser a pessoa maravilhosa que você é!

Use a autocrítica a seu favor

Não deixe essa impressão negativa que você criou a respeito de si mesmo derrubá-lo. Tenha coragem e olhe tudo de frente e de forma sincera e realista. Muitas vezes, aquilo que pensávamos ser um grande defeito, nem é tão ruim, e também tem seu lado bom.

Por outro lado, se algo realmente o incomoda, use suas forças para mudá-lo. Mesmo que seja aos poucos, um passo de cada vez. Nunca desista pensando que está tudo acabado e não dá mais para mudar. Seja perseverante!


Procure ajuda

Se você acha que não consegue sozinho, tudo bem. Não se recrimine por isso. Hoje em dia, há muitas ferramentas para auxiliar quem quer mudar paradigmas e pensamentos em busca de melhorar sua vida em vários níveis.

O coaching é uma delas. O coach pode ajudá-lo a valorizar seus pontos fortes e a corrigir aquilo que não lhe agrada. Lembre-se: não há nada de errado em procurar aconselhamento. Quando somos ajudados de alguma forma para enfrentar a autocrítica negativa, o caminho se torna mais suave.

Por falar nisso, você sabe o que é a Síndrome de Burnout? Clique aqui e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *