8 dicas para ter uma carreira profissional de sucesso
8 dicas para ter uma carreira profissional de sucesso
10 de setembro de 2018
Você sabe como desenvolver a inteligência emocional no trabalho?
Você sabe como desenvolver a inteligência emocional no trabalho?
24 de setembro de 2018

Crenças limitantes: o que são e como superá-las?

Crenças limitantes: o que são e como superá-las?

As crenças limitantes são um dos principais fatores que atrapalham o desenvolvimento pessoal e profissional de inúmeras pessoas. Essas visões de mundo, interpretações ou mindsets são adquiridas a partir de experiências que podem ter ocorrido na infância ou no decorrer da vida.

É importante dizer que esses pensamentos são responsáveis por interpretar o mundo a nossa volta não são verdades absolutas e podem ser modificados ao decorrer da vida.

Pensando nisso, elaboramos este post com o intuito de esclarecer o que são as crenças limitantes e como superá-las para alcançar o sucesso em todos os setores da vida. Preparado para conhecer novos horizontes? Então, vamos lá!

O que são crenças limitantes?

São ações diversas — comportamentos, hábitos, atitudes, pensamentos, etc. — que nos impedem de evoluir como pessoas e, consequentemente, conquistar aquilo que desejamos na vida. Dessa forma, acabamos nos tornando pessoas “estacionadas”, que não conseguem avançar em direção aos seus objetivos.

Na maioria das vezes, essas crenças são construídas na infância, principalmente até os sete anos de idade. É nessa fase que os pais ensinam aos seus filhos o que é considerado certo e errado de acordo com a visão de mundo dos respectivos progenitores.

A visão religiosa é um ótimo exemplo de crença limitante que nos é imposta durante esse período. A partir dos preceitos ligados ao espiritual, muitos dogmas são determinados sem a possibilidade de haver um questionamento sobre aquilo. Assim, o subconsciente vai assimilando, dia após dia, o que é considerado como o correto, ou a “maneira certa” de se comportar perante o mundo.

Dentro da própria família esses pensamentos são repetidos e reforçados por meio de atitudes, exemplos, palavras e situações. Assim, essas crenças são encaradas como a verdade absoluta, pois é o único padrão mental que conhecemos até então.

Esse pensamento condicionado pode acarretar diversos males, como o preconceito, o machismo, a intolerância, a homofobia e tantos outros danos que afligem a sociedade. Para exemplificar melhor, vamos conhecer os dois principais grupos de crenças limitantes: as crenças sociais e as crenças pessoais. Veja abaixo:

Crenças sociais

Nos últimos anos, as crenças sociais ou coletivas têm sido pauta nas discussões do espaço público. Isso ocorre justamente pela capacidade que elas têm de gerar decisões e padrões que acabam interferindo positivamente — ou negativamente — na sociedade como um todo.

As crenças sociais, em termos simples, são os padrões de aceitação da sociedade, ou seja, tudo aquilo que a grande maioria considera “admissível” para a boa convivência. Entretanto, elas não são permanentes, e podem ser modificadas, criadas ou excluídas com o desenvolvimento social, cultural, político e econômico de cada sociedade.

Os pensamentos misóginos em relação ao papel social da mulher é um grande exemplo de crença limitante que tem sido modificada desde meados do século XX. As conquistas sociais — como o direito ao voto e as discussões sobre a liberdade sexual feminina, debatida principalmente nos anos 90 — são exemplos nítidos dessa discussão.

Crenças pessoais

As crenças pessoais são aquelas consideradas hereditárias, pois são desenvolvidas por nós mesmos com o passar do tempo. Esse tipo de hábito ou pensamento é fruto de experiências particulares, como medos, traumas, convivências com pessoas próximas, problemas familiares ou em relacionamentos, situações desagradáveis no trabalho, entre outras.

Aos poucos, essas crenças limitantes acabam direcionando todas as nossas decisões e ações ao longo da vida. Assim, muitas oportunidades são desperdiçadas, atitudes não são tomadas, relacionamentos chegam ao fim, trabalhos são recusados e aspirações pessoas esquecidas. Entretanto, esse não é um caminho sem volta. Para todas as situações há uma solução possível.

Como as crenças limitantes podem ser superadas?

Saiba identificá-las e não tenha medo de mudar

O primeiro passo para se livrar de crenças limitantes é reconhecer que você precisa mudar. Não estamos falando de se tornar outra pessoa ou abrir mão da sua personalidade, mas de identificar quais atitudes e pensamentos estão impactando negativamente na sua vida.

Você precisa ter consciência de que seus valores e verdades não são únicos. Há diferentes formas de ver o mundo e lidar com as situações que a vida nos impõe.

Procure se colocar no lugar do outro e pergunte a si mesmo: “Se alguém pensasse isso sobre a minha pessoa, eu me sentiria feliz?” ou, então “Se alguém me tratasse como eu trato as pessoas, eu me sentiria confortável?”. Dessa forma, você vai conseguir lidar melhor com os seus problemas no trabalho, situações pessoais e relacionamentos amorosos.

Busque o autoconhecimento

Para saber quais são suas qualidades e pontos fracos é preciso conhecer a si próprio. Ninguém melhor do que você mesmo para apontar as atitudes e pensamentos que precisam ser modificados para alcançar o sucesso.

Portanto, reserve um tempo só para você e analise a sua trajetória. Procure entender os motivos e situações que levaram você a ser quem é, reconheça os momentos de falha e procure soluções para que os erros não sejam repetidos.

Substitua pensamentos negativos por crenças fortalecedoras

Para prosperar, você precisa se livrar de tudo aquilo que é negativo. Para isso, troque suas crenças limitantes por mindsets fortalecedores, como ter mais autoconfiança, segurança nas decisões importantes, compaixão, afetividade, respeito e compreensão. Inspire-se em pessoas bem-sucedidas que já têm esses valores e veja como a transformação é possível para todos.

Crie novos hábitos

Ao decidir pela mudança, você deve estar ciente de que alguns hábitos precisam ficar no passado, junto com as crenças limitantes. Por isso, busque novas atividades que ajudem no seu crescimento pessoal e profissional:

  • procure fazer cursos novos;
  • vá a palestras;
  • conheça novas pessoas que ajudem no seu desenvolvimento;
  • tire um tempo só para você;
  • aprecie as belezas da vida.

Tudo isso vai ajudar você a se livrar de crenças limitantes e, também, a alcançar o tão sonhado sucesso profissional e pessoal. Lembre-se de que ninguém nasce pronto e, para evoluir, é preciso força de vontade, autocrítica, perseverança e dedicação. Não desista de você! Essa é a base para alcançar qualquer sonho.

E, aí? Gostou do nosso conteúdo sobre como se libertar de crenças limitantes de uma vez por todas? Então, siga-nos nas redes sociais — FacebookInstagram e YouTube — e fique por dentro de todas as novidades sobre crescimento profissional e pessoal!

ebook o poder das afirmações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *