Incorpore estas 4 técnicas de respiração para diminuir a ansiedade
11 de setembro de 2017
Sem culpa e sem medo: 4 dicas para você aprender a dizer NÃO
25 de setembro de 2017

O que é mindfulness e por que incorporá-lo à sua vida?

Você já ouviu falar em mindfulness? Trata-se de um conceito que consiste em manter a mente e todos os sentidos totalmente focados no lugar onde estamos e no que estamos fazendo, sem deixar que a nossa atenção seja desviada por outros pensamentos.

Se você tem total consciência e vive uma experiência completa em todos os sentidos, você está sendo mindful. A princípio, pode soar como algo difícil ou mesmo inalcançável, mas todos nós temos a capacidade de “educar” o nosso cérebro para que a prática realmente funcione.

Vivemos grande parte da nossa vida distraídos, como se agíssemos no piloto automático. E, dessa forma deixamos, de usar partes do nosso cérebro que, quando ativadas, permitem um melhor desenvolvimento.

De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Harvard, passamos 47% do nosso tempo distraídos e isso nos faz pessoas infelizes. Deixamos de viver o presente enquanto nos ocupamos com lembranças do passado, projeções para o futuro e fantasias com o presente.

A prática se assemelha à meditação, com pequenos exercícios ao longo do dia. Após “treinar” nosso cérebro, poderemos aplica-la a todos os setores da nossa vida: nos relacionamentos, onde estaremos mais aptos a dar atenção às pessoas e sentir empatia; no trabalho, com a diminuição do estresse e foco nas soluções; na alimentação, onde comeremos somente o que é necessário para o nosso corpo, sem exageros para suprir lacunas emocionais.

Se você gostou da ideia de viver plenamente o presente, mas ainda não sabe por onde começar, listamos abaixo algumas dicas para aplicar o conceito de mindfulness à sua vida:

Deixe a ansiedade de lado

Sabe aquela mania que temos de querer tudo para ontem? Você sofre por problemas que só existem na sua imaginação? Perde horas imaginando o quanto tudo pode dar errado?

Esqueça toda essa ansiedade! Tenha a calma de observar o presente e discernir os problemas que realmente existem daqueles que são somente fruto da sua mente. Diante de um problema real, faça o que estiver ao seu alcance e não sofra mais.

Confie que, uma vez feita a sua parte, as coisas acontecerão da maneira que tiverem que acontecer: não temos o poder de mudar tudo à nossa volta!

Estabeleça uma conexão consigo mesmo

Nunca se esqueça de que vale a pena conhecer melhor uma pessoa super interessante: você mesmo! Reserve alguns minutos por dia para tomar consciência dos seus pensamentos.

É dessa forma que você acaba reconhecendo comportamentos problemáticos. O próximo passo é começar a trocá-los por outros mais positivos.

Fazer meditação e tentar incorporar essas práticas às atividades do dia a dia é um grande desafio que fará a diferença.

Mantenha a simplicidade

Você não identificará todos os seus problemas em um único dia, talvez leve um bom tempo para entender onde você está “errando”. Corrigir-se então, pode demorar mais ainda.

Enquanto isso, busque evoluir aos poucos, viva um dia de cada vez e tente se concentrar ao máximo no ambiente em que está. Não faça da prática uma batalha, mas sim um exercício simples e natural. Não espere os resultados chegarem para só então ser feliz.

Desligue o celular

Não estamos falando em efetivamente desligar o aparelho ou mantê-lo no “modo avião”, mas sim de deixar de dar tanta atenção a ele e viver o que realmente está a nossa volta.

Você viu quem se sentou ao seu lado no ônibus? Prestou atenção àquela criança no metrô? Ouviu o que o seu colega de trabalho tinha a dizer naquela pequena pausa para um café? Ou perdeu tudo isso porque estava ocupado demais, mexendo no celular?

Use o aparelho somente quando necessário. O restante do tempo, dedique-se a viver o presente, as sensações, o ambiente. Isso é o que mindfulness significa e pode fazer toda a diferença na sua vida.

Gostou das nossas dicas? Não deixe de nos seguir nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e Youtube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *