Não perca seus sonhos! Temos 5 dicas para te ajudar a mudar de vida
4 de setembro de 2017
O que é mindfulness e por que incorporá-lo à sua vida?
18 de setembro de 2017

Incorpore estas 4 técnicas de respiração para diminuir a ansiedade

De acordo com os últimos levantamentos da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 33% da população sofre de ansiedade. Para piorar, o Brasil é o país onde há mais pessoas ansiosas no mundo, ficando em 1º lugar no ranking de incidência do transtorno. O lado bom é que é possível diminuir a ansiedade com técnicas e abordagens que podem ser implementadas no dia a dia.

O surgimento do transtorno é relacionado a fatores biológicos e culturais. Como vivemos na era do consumo exagerado de informação, a previsão é que mais pessoas passem a sofrer de ansiedade no futuro. Para evitar que isso aconteça com você, continue lendo e conheça algumas técnicas de respiração para lidar com a ansiedade!

A importância dos exercícios para a ansiedade

Há uma série de exercícios de respiração que foram desenvolvidos especificamente para auxiliar no tratamento desse transtorno. Não é a toa que, quando estamos muito agitados, as pessoas pedem para nos acalmarmos, respirarmos fundo e contarmos lentamente até um determinado número.

Esses exercícios têm um poder fisiológico que farão o seu corpo e cérebro lidarem melhor com os sintomas relacionados ao transtorno.

Só que, algumas vezes, fica difícil se concentrar. Por isso, é muito importante conhecer algumas técnicas de respiração para quando a ansiedade estiver forte.

4 técnicas de respiração para diminuir a ansiedade

A seguir, separamos 4 técnicas de respiração práticas e fáceis de serem aplicadas. Confira:

1. Respiração básica

Essa técnica é muito simples e consiste na realização de uma respiração lenta. Todo o processo deverá levar entre 3 a 7 minutos e os movimentos deverão ser realizados apenas com as narinas. É essencial que você sinta a expansão torácica e abdominal de forma lenta e suave.

2. Respiração diafragmática

Esse exercício é baseado na respiração lenta e na observação dos seus próprios movimentos ao respirar. Ao inspirar, o movimento fará com que o diafragma abaixe, projetando as vísceras para a frente.

Preste atenção e perceba se sente as costelas elevadas em toda a extensão do tórax. Esse movimento fará com que você respire com mais fluidez e, assim, aumentará a sensação de bem-estar.

3. Respiração abdominal deitada

Esse movimento é muito simples (e confortável): com as luzes apagadas, você deverá deitar na cama e colocar as mãos sobre o abdômen. Adicione uma contagem a respiração para que o movimento fique ritmado.

Então, inspire, conte até 4 e solte o ar pelas narinas. Realize os movimentos até os sintomas amenizarem.

4. Respiração 3 em 3

Essa é a técnica para diminuir ansiedade mais simples do artigo. Deixe o ar entrar, conte até 3 sem respirar e solte o ar. Repita o movimento até se acalmar.

Como as pessoas andam cada vez mais ansiosas, conhecer algumas técnicas para diminuir a ansiedade será essencial para aliviar o estresse.

Principalmente quando, somado aos fatores biológicos, uma série de situações do cotidiano não saem como o esperado. Aí é necessário respirar profundamente, contar até 3 e soltar o ar para que atingir o equilíbrio novamente.

E, para ajudá-la a criar uma rotina mais saudável, confira o também nossas 5 dicas para lidar com a ansiedade do dia a dia. Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *