saiba-como-lidar-com-pessoas-negativas-de-forma-assertiva
Saiba como lidar com pessoas negativas de forma assertiva
27 de novembro de 2017
Como melhorar a autoestima através de 6 ações básicas
11 de dezembro de 2017

Chegou a hora de traçar metas e objetivos pessoais

Você possui metas e objetivos pessoais? Qual é o prazo para realizá-los? Quanto esforço você dedica a isso diariamente? De que jeito você monitora o seu sucesso?

Se você não souber responder essas perguntas, pode ser que precise começar a planejar melhor as aspirações da sua vida pessoal. É comum ver pessoas que trabalham com metas e indicadores no ambiente de trabalho, mas não levam o mesmo compromisso para seus objetivos pessoais. É preciso equilíbrio entre os dois.

Desejar transformar a vida vai muito além do que definir realizações de Ano Novo e nunca mais confrontá-las nos 365 dias seguintes. É preciso dedicação, acompanhamento e esforço constantes para conseguir realmente chegar lá.

Neste artigo, vamos te ensinar a traçar metas e objetivos pessoais de maneira muito mais eficaz. Confira!

Por que traçar metas e objetivos pessoais

Existe uma frase de autoria desconhecida que diz que “Metas são sonhos com data de chegada”. E esse é um dos principais motivos pelos quais você deve traçar metas para seus objetivos pessoais. Sem isso, eles não passarão de sonhos que você contempla todos os anos, mas que dificilmente realiza.

Em meio à correria do dia a dia é muito fácil se distanciar daquilo que realmente deseja. Definir metas e como você fará para atingi-las é uma forma de garantir que você sempre tenha seus objetivos à vista, além de incentivar você a mudar de vida.

A diferença entre metas e objetivos

Objetivo é uma descrição geral daquilo que você pretende alcançar. Por exemplo, fazer uma viagem para a Europa. Aprender um novo idioma. Escrever um livro. Mudar algum hábito. Ter o peso ideal. Seja qual for, é algo que você realmente deseja.

Já as metas, são pequenas etapas que você deve conquistar para atingir um objetivo. Um sonho grande pode parecer distante e difícil de alcançar e, por isso, nos desmotivamos. As metas são uma maneira de você desmembrar esse objetivo maior em pequenas fases mais fáceis de ser conquistadas, o que aumentará sua motivação.

Diminuir quatro números no seu manequim pode parecer inalcançável e desistimulante. Agora, somente um nos próximos três meses parece algo mais possível de ser alcançado. De meta em meta você chega ao seu objetivo final.

Como planejar seus objetivos pessoais

O primeiro passo é refletir sobre o que realmente importa para você no momento em que está vivendo. Você pode querer mudar de emprego ou ganhar um prêmio Nobel. Ambos são sonhos legítimos, mas você precisa aprender a priorizar o que realmente importa para você neste momento.

Para isso, faça uma lista com todos os seus sonhos e objetivos pessoais, dos mais alcançáveis aos mais absurdos. Depois disso, classifique-os de 1 a 10, onde 1 é o menos importante para você e 10, o mais. Após isso, escolha apenas três objetivos que você tentará alcançar no próximo ano. Pode parecer pouco, mas as chances de você desistir se definir mais do que isso são muito grandes.

Depois, quebre cada um desses objetivos pessoais em metas trimestrais e depois mensais. Assim, o que antes parecia impossível de ser alcançado, torna-se mais palpável e tangível. Para que suas metas sejam efetivas, elas precisam ser S.M.A.R.T. (inteligentes, em inglês):

  • Específica: metas muito gerais são difíceis de serem alcançadas. Prefira “correr na rua” ao invés de somente “começar uma atividade física”;
  • Mensurável: você precisa de mecanismos que permitam medir seu sucesso. Por exemplo, “correr na rua três vezes por semana”;
  • Atingível: não adianta definir que você vai correr uma maratona de 10 km se nunca correu antes. Defina metas desafiadoras, mas possíveis o bastante de serem atingidas para você não se desestimular;
  • Relevante: não adianta definir uma meta de correr todos os dias se você não deseja realmente fazer isso. Escolher metas relevantes para sua vida aumenta suas chances de sucesso;
  • Temporizável: se você não definir um prazo máximo para alcançar sua meta, vai adiá-la para sempre. Nada de escrever um livro algum dia. Prefira “escrever as dez primeiras páginas do meu livro até o próximo mês”.

Agora, já sabe que traçar suas metas e objetivos pessoais é a melhor maneira de você parar de procrastinar e finalmente alcançar tudo que sempre quis. Se você gostou, compartilhe com seus amigos essa dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *